Homeopatia


Essa medicina foi desenvolvida por um medico alemão no final do século XVIII, Dr. Samuel Hahneman. Os remédios são feitos com plantas, minerais e até animais, se apresentam em glóbulos, líquidos, pós e pomadas. Sua feitura é por diluição de solução concentrada de alguma substancia desses materiais, mas não é só isso, a diluição tem que ser muiiiiiita, e em etapas com movimentos específicos, até se obter uma ínfima partícula da coisa diluída, quanto mais diluída, quanto menos material, tanto mais forte estará o remédio, pois o objetivo da coisa é que essa ínfima partícula da substancia, já quase só energia sem matéria, seja inserida e funda-se a parte energética, imaterial, psíquica, da pessoa e assim provocar uma reação no ser integralmente com suas próprias forças regenerativas intrínsecas de equilíbrio. Ou seja: Esse processo de diluição é feito em etapas para a cada vez de diluição e a cada vez com movimentos específicos se chegar a diluir tanto que só fique a mais pura essência da coisa, para tão ínfima partícula quase imaterial chegar ao corpo energético/imaterial da pessoa e assim na parte psíquica intervir e equilibrar aí. Uma vez isso ocorrendo, os efeitos se mostram no corpo orgânico e a saúde é reestabelecida, porque na Homeopatia se acredita que a doença antes de ser orgânica é psíquica energética e a cura também, pois o corpo sadio é reflexo do equilíbrio psíquico e vice-versa.

O corpo só é vivo porque tem energia específica para isso, cadáveres não estão vivos porque estão sem energia vital, e quando a parte energética está legal o corpo reage a doença se auto reequilibrando em seus sistemas como um todo, porque cada sistema do corpo está interligado e dependente um do outro e quando um sistema está com problemas, num efeito dominó afeta aos demais, e o corpo então fica com o funcionamento todo ruim, incluso a parte mental e acaba por se deteriorar todo assim. Corpo ferrado causa a parte energética mais desequilíbrio e aí fica toda ferrada também num círculo vicioso. O melhor é o corpo são com mente sã e energia vital bacana, tudo harmônico. E nisso o campo de ação da homeopatia é no plano energético psíquico, o resto rola por consequência.

A ideia básica da homeopatia bem parecida com a que fundamenta vacinas e antídotos, é que a do semelhante cura semelhante, ou, o mal cura o mal, exceto pelo método de feitura e o fato de que vacinas e antídotos agem diretamente no corpo orgânico e já a homeopatia age na energia vital que permeia o corpo orgânico.

Num grosso modo, na medicina homeopática se uma coisa que fez mal a pessoa é justamente essa mesma coisa potencializada que será seu remédio de cura. Bom, se o sujeito aguentar ir até as ultimas consequências do processo de cura, porque na homeopatia antes do corpo orgânico curar o corpo energético terá que já estar curado, e como o sujeito recebe do mal que lhe fez mal anteriormente muitas vezes para quem está desavisado parece que piorou em sua enfermidade, e aí só um perseverante ou teimoso mesmo é que não desiste de levar a cabo o tratamento, até porque para muitos os efeitos benéficos no corpo orgânico demoram muito a se revelar, mas quando o processo se efetiva é a cura, a doença então será superada e erradicada definitivamente.

Mas via de regra os médicos homeopatas já sabendo que poderá ser preciso ajustes e observam bem o processo de cura com suas “doses homeopáticas”, essa é a forma correta para a homeopatia valer, porque quanto mais diluída a substancia e lenta for a inserção mais eficiente é o remédio homeopático. E assim vão monitorando atentamente para irem adequando o tratamento de acordo com as necessidades, e se for preciso diminuem ou aumentam as doses, ou alternam, ou mantem, ou retiram e até receitam medicamentos da alopatia quando é o caso, porque antes dos médicos se especializarem em homeopatia eles já foram preparados na alopatia e por isso podem medicar nos dois estremos de intervenção, diferentemente dos médicos alopatas que só podem contar com uma via intervenção e muitos vezes não conhecem muito outras formas de medicina.

A homeopatia não é adequada a todos, nem para todas as doenças ela serve, nem faz milagres, mas quando a enfermidade é de causa psíquica por desiquilíbrio energético a homeopatia cura sim.

Bom... Vale a pena testar os benefícios que a homeopatia pode trazer a nossa saúde. Mas claro que se tem que ter um pouquinho de paciência... (risos).


Fraternamente,

Símia Zen.

3 comentários:

Pintinho Amarelinho

Adorei o teu texto, também gostei da organização do blog, e venho pedir para visitar o meu BLOG e se possível segui-lo também http://www.pintinhoamarelinho.com/, ele é voltado para o humor e entreterimento.

Sandro_29

Homeopatia é puro placebo, comprovado e testado cientificamente, se quiser tomar mesmo sabendo dessa realidade... tudo bem, mas não interrompa o tratamento que seu medico indicou.
Me desculpe a sinceridade, mas é para o seu próprio bem, abraços meninas...
Mudando de assunto: Você sabe o que aconteceu com o Reflexões Masculinas?

Símia Zen

Sandro,o site Reflexões Masculinas cumpriu seu proposito e encerraram suas postagens, o acervo permanente do site RM está arquivado no endereço: http://reflexoes-masculinas.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Retornar ao topo